Alimentos Saudáveis e Não Saudáveis.

Saber fazer a diferença entre alimentos saudáveis e não saudáveis é essencial, afinal, não podemos brincar com a saúde.

Manter uma alimentação saudável, balanceada, nutritiva, com baixo teor de calorias e livre de gorduras (ou quase) é importante para a qualidade de vida.

Claro que esse tipo de alimentação, também deve outros aliados para a preservação da saúde do organismo, como por exemplo, a prática regular de atividades físicas.

Então, vamos falar um pouco dos alimentos saudáveis e não saudáveis mais comuns e que estão presentes no dia a dia de todos.

Alimentos Saudáveis e Não Saudáveis 2

Alimentos Saudáveis e Não Saudáveis.

Alimentos saudáveis são aqueles que devemos incluir no cardápio diário, pois só trazem benefícios. Vamos conferir os campeões de saúde.

Repolho.

As folhas da verdura contêm grandes concentrações de substâncias antioxidantes e anticancerígenas chamadas de indoles e sulforafanos. Um estudo da Faculdade de Stanford, nos EUA, apontou que o sulforafano é a tipo de substância encontrada em ervas que mais eleva o nível de enzimas anticancerígenas no corpo.

Folhas de Beterraba.

Muitas vezes desperdiçadas, as folhas são ricas em vitaminas, minerais e antioxidantes. Possuem a substância carotenóides, um pigmento natural da verdura que auxilia na saúde dos olhos e tem a propriedade de retardar o envelhecimento.

As folhas da beterraba são ótimas para serem consumidas cruzas, em ladas ou refogadas, como espinafre.

Sardinha.

É um alimento rico em proteínas e tem minerais fundamentais, como magnésio, ferro e selênio, que abrange atuação anticancerígena.

A sardinha possui altas concentrações de Ômega 3, que é uma gordura boa, primordial para o desempenho do cérebro, do coração e para a diminuição da pressão nas artérias. Na falta de sardinha fresca para comprar, pode ser utilizada a de latinha mesmo.

Goiaba.

A fruta é rica em fibras, minerais e vitaminas. Também tem grandes quantidades de licopeno, o mais antioxidante entre todos os carotenóides.

O licopeno ajuda a prevenir o câncer de próstata e reduz os riscos de surgimento de doenças dos olhos, como a catarata, bem como a redução da ocorrência de doenças cardiovasculares.

Veja mais:

Cereja fresca.

Possui altas concentrações de antocianina, um anti-inflamatório natural. Precisa ser consumida fresca ou adicionada a outros alimentos como iogurte ou vitaminas.

Sementes de abóbora.

As sementes desta deliciosa verdura é uma grande fonte de magnésio. Este mineral é tão fundamental que estudiosos franceses concluíram que homens com altas taxas de magnésio no sangue tem 40% menos chances de terem uma morte precoce do que aqueles com baixa índices.

Uma boa forma de consumir as sementes é colocando para tostar no fogão e comer até mesmo com a casca, que é rica em fibras.

Canela.

Tem a função de controlar o nível de açúcar e de colesterol no sangue, o que previne o surgimento de doenças cardíacas. Para desfrutar as vantagens da especiaria, basta espalhar um pouquinho de canela em pó no café ou no cereal matinal.

Alimentos Saudáveis e Não Saudáveis 1

Açaí.

Consumi na forma de suco ou adicionado no meio da comida, como é realizado no norte do país, o açaí é uma das frutas com maior concentração de antioxidantes.

Os benefícios do açaí são muitos, pois é um alimento muito rico em gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, que são benéficas e ajudam na diminuição do mau colesterol (LDL) e na prevenção de doenças do coração.

Chocolate meio amargo.

Alimento com grande concentração de flavanóides, que diminuem a pressão sanguínea e promovem o bom desempenho do sistema circulatório. Também possui altas concentrações de magnésio, um mineral fundamental para mais de 300 processos biológicos do corpo.

Frutas oleaginosas.

São as castanhas, as nozes e as amêndoas. Todas trazem diversas vantagens para o organismo, embora muito calóricas. Contém vários benéficos para o corpo como minerais, proteínas e Omega 3 e Ômega 9.

Alimentos saudáveis e não saudáveis.

Alimentos Não Saudáveis não aqueles nutrientes que, embora deliciosos, devemos fazer o possível para evitar o consumo, pois algumas propriedades ou substâncias contidas nesses alimentos, só trazem prejuízos para a saúde. Vejamos alguns que são terríveis.

Refrigerantes.

São cheios de açúcar e muitas outras substâncias químicas. Os refrigerantes dietéticos da mesma maneira precisam ser evitados visto que estão repletos de componentes químicos e adoçantes artificiais.

Algodão-doce.

Além de ser só açúcar, possui corantes artificiais e deve ser evitado a qualquer custo.

Salgadinhos industrializados.

Não agregam valor nutricional nenhum e são repletos de gorduras trans, sódio e açúcares, todas substâncias prejudiciais à saúde.

Veja também:

Pão branco.

É um alimento com valor nutricional praticamente zero. Muito rico em carboidratos, ou seja, é uma verdadeira bomba calórica, sem benefícios que valham a pena para a saúde. Se não puder evitar o consumo de pão, pelo menos faça a opção pelo pão integral.

Alimentos Saudáveis e Não Saudáveis

Batatas fritas.

São fritas em óleo orgânico, que é reutilizado inúmeras vezes, o que amplifica a concentração de gorduras trans, um dos tipos mais arriscados para a saúde. A batata, em termos nutricionais, é como uma vasilha repleta de açúcar.

Conhecendo bem os alimentos saudáveis e não saudáveis, fica mais fácil escolher o que é melhor para consumir e preservar a sua saúde em dia.

Você pode gostar...