Dez passos para uma alimentação saudável

Neste artigo, vamos abordar os dez passos para uma alimentação saudável e equilibrada, voltada para o bem estar do corpo. Afinal, uma boa alimentação é muito importante para a manutenção da saúde em dia.

Dez passos para uma alimentação saudável

Dez passos para uma alimentação saudável e equilibrada.

O Brasil do arroz com feijão está mudando. As refeições caseiras e preparadas com alimentos frescos como aquelas do tempo da vovó têm perdido espaço na mesa nacional.

O brasileiro tem consumido cada vez mais comida pronta e produtos ultra processados, o que contribui para o avanço de doenças crônicas e principalmente a obesidade. Hoje no Brasil, metade dos adultos está acima do peso ideal e 17% são obesos.

Os hábitos alimentares dos brasileiros preocupam os órgãos de saúde que recomendam mudanças no estilo de vida na forma, no ato de se alimentar e até um maior envolvimento com o ato de cozinhar.

Agora, vamos conferir os dez passos para uma alimentação saudável e equilibrada.

Primeiro passo: Faça dos alimentos frescos a base da sua alimentação.

Essa é a regra de ouro. Os alimentos in natura são mais balanceados e contém mais nutrientes.

Segundo passo:  Use com moderação óleos, gorduras, sal e açúcar.

Esses ingredientes em pequenas quantidades deixam a comida mais saborosa sem tirar o equilíbrio do teor nutricional.

Terceiro passo: Limite o consumo dos alimentos processados.

Use-os como parte de uma refeição baseada em alimentos frescos. A indústria adiciona o açúcar em grande quantidade para aumentar a durabilidade desses produtos.

Quarto passo: Evite os alimentos ultra processados.

Entre os dez passos para uma alimentação saudável, esse é um dos mais importante. Os alimentos ultra processados são ricos em gorduras ou açúcares e tem alto teor de sódio, além de aditivos e pobres em fibras. Esses nutrientes favorecem o ganho de peso e o surgimento de várias doenças.

Quinto passo: Coma com regularidade e atenção.

Sempre que possível, faça refeições em companhia de outras pessoas. Isso ajuda a desenvolver relações e é mais prazeroso, além de evitar que se com rapidamente.

Sexto passo: Faça suas compras em locais que ofereçam variedades de alimentos frescos.

Bons locais para comprar alimentos frescos são as feiras livres. Prefira legumes, verduras e frutas da época produzidos na região.

Sétimo passo: Valorize o ato de cozinhar.

Aproveite esse momento e partilhe suas habilidades culinárias, especialmente com as crianças e os jovens. Se ainda não sabe cozinhar, procure aprender. Cozinhar a sua própria comida faz bem.

Veja também:

Oitavo passo: Organize o seu tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece em sua vida.

Crie uma rotina. Planeje as compras, organize sua despensa e faça o cardápio da semana. É importante que toda a família se envolva nesse processo e ajude no preparo das refeições.

Nono passo: Quando for comer fora, dê preferência aos locais que servem comidas feitas na hora.

Mesmo na rua é possível se alimentar de forma equilibrada e variada. Evite as redes de fast food.

Décimo passo: Seja crítico em relação a publicidade sobre alimentos.

A função da propaganda é vender e não informar ou educar o consumidor.

Você pode gostar...