Dietas para ganhar massa muscular.

A musculação ganha mais adeptos a cada dia. Com o intuito de conquistar um corpo perfeito, cheio de músculos ou bem definido, as pessoas lotam as academias e buscam como aumentar mais a massa corporal e, por isso mesmo, procuram e adotam cada vez mais dietas para ganhar massa muscular.

Contudo, alguns atletas, por vezes, exageram nos treinos na academia e fazem restrições alimentares enormes, mas o que muita gente não sabe é que esses hábitos acabam por atrapalhar a construção de músculos.

Dietas para ganhar massa muscular.

Um dos truques das dietas para ganhar massa muscular é fazer uma refeição antes do treino, que deve conter carboidratos de digestão lenta, como os grãos integrais e batata doce, alimento-chave para quem gosta de treinar.

Os carboidratos desses alimentos se transformam em glicose, que fica mais tempo no sangue, mantendo o usuário com mais energia e melhorando, assim, a qualidade do seu treino.

Já para a alimentação pós-treino, que também é muito importante, o melhor é optar por ingerir carboidratos de digestão rápida, contidos em alimentos como banana, aveia, entre outros, além de proteínas completas que irão ajudar na reconstrução das fibras musculares que são quebradas durante o treino em virtude da execução daquelas séries de exercícios mais intensos.

Há também quem faça a opção pela ingestão de shakes antes e após os treinos, que são muito efetivos e consumidos por muitos atletas.

dietas para ganhar massa muscular carne vermelha

Dietas para ganhar massa muscular – Carnes magras são fontes de proteínas de alta qualidade.

Nas dietas para ganhar massa muscular, a pessoa precisa fracionar suas refeições em cinco ou seis etapas. Quem treina muito deve ter uma alimentação hipercalórica, e o ideal é que consuma algum alimento de três em três horas, no máximo. O indivíduo deve evitar gorduras e incluir na dieta alimentos com proteínas magras como frango, carne vermelha magra, peixe e claras de ovos, atum, iogurte, queijo branco, entre outros.

Para auxiliar nas dietas para ganhar massa muscular, duas atitudes são extremamente necessárias. A primeira delas é a ingestão de muita água, pelo menos, dois litros diariamente. A água faz uma espécie de faxina no organismo, eliminando resíduos e toxinas retidas, promovendo o bom funcionamento do corpo como um todo.

A segunda atitude é descansar os músculos, para evitar a fadiga muscular e o surgimento de lesões. O intervalo adequado entre os treinos e boas noites de sono, também são importantes para o crescimento da massa muscular durante o descanso.

Procure ficar com o mesmo treino por pelo menos três meses e, apenas depois disso, peça para o seu instrutor trocar as séries de exercícios. Procure também orientação médica e nutricional especializada, pois estes profissionais podem lhe instruir adequadamente sobre sua queima calórica e alimentação ideal para conquistar o corpo definido.

Para esculpir um corpo cheio de músculos bem definidos, comece treinando pesado três vezes por semana, descansando seu corpo por 48 horas. O importante é que você faça um treino completo para todos os grupos musculares em um único dia.

Dietas para ganhar massa muscular – Alimentos.

Alguns alimentos não devem faltar nas dietas que tem como objetivo aumentar os músculos. Vamos conferir alguns dos mais consumidos:

Carne vermelha magra.

O consumo da carne magra só traz benefícios na hora de aumentar os músculos. Três pedaços médios de carne magra têm apenas cento e cinquenta e quatro calorias, fornecendo ao organismo proteína de alta qualidade. A carne magra também tem componentes essenciais como zinco, ferro e vitaminas do complexo B.

Peito de frango.

A carne do peito de frango é ótima fonte de proteína de alta qualidade, além de ser um alimento muito fácil de fazer, com várias opções de preparo, podendo ser temperado, assado ou cozido de forma rápida.

dietas para ganhar massa muscular atum

Peito de frango, atum e ovos não devem faltar nas dietas para ganhar massa muscular.

Ovos.

Ovos também são alimentos ricos em proteínas de alta qualidade, o que é importante para ganhar massa muscular. É sempre vantajoso incluir ovos nas dietas para ganhar massa muscular, pois são baratos, mas, ricos em nutrientes.

Peixes ricos em Ômega 3.

Os peixes como sardinha, atum e salmão têm alta concentração proteínas e são ricos no ácido graxo Ômega 3, que ajudam a melhorar a perda de gordura, garantindo o bom funcionamento dos processos corporais como o metabolismo, por exemplo.

Whey Protein.

Este é um suplemento de proteína extraída do soro de leite e um dos mais populares em academias e entre praticantes do fisiculturismo. O nutriente é muito popular exatamente por ser uma excelente fonte de proteína a um preço relativamente acessível.

Contudo, o ideal é obter proteínas de alta qualidade diretamente de alimentos integrais, deixando o uso do Whey Protein para quando houver indicação de profissional especializado, como médico ou nutricionista.

Leia também:

Aveia.

Aveia é uma excelente fonte de carboidratos em virtude do índice glicêmico, o que traz diversos benefícios como o aumento da saciedade, diminuição da fome e perda de gordura.

Frutas, legumes e verduras.

Os vegetais e frutas são alimentos com propriedades antioxidantes, além de muito ricos em vitamina C, vitamina E, betacaroteno e as famosas fibras alimentares. As fibras, além de promover a saciedade, ajudam na eliminação dos resíduos e toxinas desnecessárias ou prejudiciais ao corpo.

Na verdade, além dos alimentos mencionados logo acima, a lista de nutrientes que devem fazer parte das dietas para ganhar massa muscular é bem extensa. Por isso, a orientação de profissional especializado é tão importante para que o consumo seja feito com responsabilidade, na quantidade certa para cada caso, evitando, dessa maneira, expor a saúde do atleta a riscos desnecessários.

Considere visitar e curtir a nossa página @OTemploDoCorpo no Facebook, para acompanhar as constantes atualizações do Blog.

mais dicas de saúde...