Emagrecer – Perder peso não controla o diabetes.

Em uma entrevista no site da Veja o médico cirurgião do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Ricardo Cohen afirmou que a cirurgia bariátrica feita em pessoas que estão acima do peso deveria ser feita em pessoas com diabetes.

No Brasil a cirurgia bariátrica é feita apenas em pacientes obesos com IMC acima de 35. A cirurgia de redução de estômago tem ajudado pessoas a emagrecer e mostrado resultados importantes no controle da diabetes tipo 2.

Por isso, médicos de todo o mundo defendem a cirurgia feita em pacientes diabéticos que tenham o índice de massa corporal (IMC) igual ou maior a 30. Na entrevista o médico Ricardo Cohen diz que os profissionais deveriam levar em consideração a resistência do paciente à insulina e o histórico familiar, e não somente ao peso que poderia ter o IMC de 25 a 30 desde que o paciente se enquadrasse nos critérios.

Perguntas feitas pela Veja ao médico

Veja – A única forma de controlar o diabetes é com a cirurgia?

Ricardo Cohen – Não. A cirurgia é a única forma de reduzir o peso e alterar a evolução do diabetes. E afirmou que “a perda de peso isolada não traz vantagem contra o diabetes”.

Veja – Por que para tratar o diabetes a perda de peso não é o suficiente?

Ricardo Cohen – O emagrecimento é efeito colateral, a cirurgia tem causado efeitos contra a doença antes mesmo de o paciente perder peso. E deu como exemplo o desvio do intestino que faz com que a resistência à insulina diminua imediatamente.

Veja – Qual a sua opinião sobre a indicação da cirurgia ao diabético?

Ricardo Cohen – Quando o paciente apresentar uma quantidade de gordura dentro do abdome, resistência a insulina, apresentar quadros de doenças cardiovasculares, apresentar triglicérides e colesterol alto, um histórico familiar com parentes que tenham a doença e a reposta ao tratamento com remédios deveriam ser os principais critérios para levar um paciente a mesa de cirurgia.

só emagrecer não contrala o diabetes

Durante a entrevista o médico Ricardo Cohen também afirma que uma pessoa com sobrepeso e dentro dos critérios acima também deve ser operada, mas destaca que para indicar um paciente à cirurgia os critérios devem ser rigorosamente avaliados.

E diz ainda que o risco da cirurgia é menor do que o risco da pessoa morrer por causa de doenças relacionadas ao  diabetes.

Você pode gostar...