Expectativa de vida diminui em até 10 anos na falta de exercícios.

Doenças crônicas como câncer, diabetes e problemas cardiovasculares são mais comuns em pessoas que não praticam exercícios.

Quem pratica atividade física regularmente reduz o risco de ter doenças crônicas em até 50%. Por outro lado, a expectativa de vida diminui em até dez anos na falta de exercícios. Especialistas presentes no Simpósio sobre Balanço Energético da Série Científica Latino Americana concluiram que a atividade física é a maneira mais eficiente de se combater a epidemia da obesidade.

Estas informações foram apresentadas como prova científica por John Dupley da Universidade de Rosário localizada em Colômbia, no encontro com 130 especialistas e pesquisadores em saúde e nutrição.

John Dupley afirma que praticar exercícios de forma moderada por uma hora diária faz com que 800 genes sejam ativados. Esses genes são responsáveis pela manutenção da saúde do corpo, reduzindo assim 50% de chances no desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, derrame e outras.

Mudanças nos hábitos também são fortes aliados para estender os anos de vida como não fumar, consumir álcool moderadamente, comer frutas e vegetais, praticar 30 minutos de exercícios diários e manter um peso adequado, o que é preocupante para quem insiste em manter hábitos sedentários, já que quem não pratica exercícios pode ter a expectativa de vida reduzida em até dez anos, conforme mencionado no início.

Com essas teses os pesquisadores que participaram do evento afirmam que a melhor forma de combater os problemas causados pelo ganho de peso é cuidando do corpo com uma alimentação saudável e praticando exercícios.

falta de exercícios diminui a expectativa de vida

População acima do peso

A causa principal para o aumento do peso da população é o crescente consumo de alimentos gordurosos. O açúcar e o carboidrato não tem sido os responsáveis pelos quilos a mais. O corpo humano absorve os carboidratos levando-os para o fígado onde são transformados em energia para o músculo esquelético, já as gorduras servem para aumentar o peso do corpo com o desenvolvimento do tecido adiposo.

Apesar de a gordura ser a principal causa de muitas doenças, ter alguns quilos a mais não é tão ruim, ainda mais quando pesquisadores descobriram que os gordinhos vivem mais.

O importante é não exagerar na alimentação e praticar exercícios.

Você pode gostar...