Musculação emagrece mesmo.

A grande dúvida de quem está acima do peso e procura uma academia é saber se a musculação emagrece realmente ou se vai acabar aumentando o peso corporal.

Existe uma crença quase generalizada das pessoas, e até de alguns profissionais, de que a musculação pode atrapalhar o processo de perda de peso, pois, à medida que existe uma redução do percentual de gordura do corpo, a massa muscular vai aumentando.

Claro que, com o aumento da massa magra, a balança pode até acusar que não houve emagrecimento ou que não ocorreu a perda de peso pretendida e esperada.

Afinal, a musculação emagrece ou não?

musculação emagrece jpg

Para perder peso saudavelmente, o indivíduo precisa aumentar a massa muscular e diminuir a massa gorda. E é exatamente essa transformação do corpo que a musculação se propõe a fazer.

Porém, isso não significa necessariamente pesar menos quando subir na balança. Isso quer dizer que a pessoa vai emagrecer com os músculos enrijecidos e tonificados, ajudando a definir o corpo, deixando-o mais saudável, cada vez mais forte e com uma silhueta mais atraente.

Na verdade, o que se espera com a prática regular da musculação é a mudança da composição corporal de forma saudável, independentemente da perda ou não de peso.

Musculação emagrece mais do que aeróbicos?

Se a musculação emagrece mais ou menos do que os exercícios aeróbicos é algo muito relativo. Claro que o emagrecimento da pessoa vai depender de vários fatores tais como a quantidade e intensidade da musculação feita em comparação com outras modalidades esportivas.

Se tomarmos por base o gasto calórico que a atividade proporciona, durante uma hora de caminhada, por exemplo, o indivíduo tem condições de gastar 300 calorias.

Contudo, essa mesma quantidade de calorias pode ser eliminada em apenas trinta minutos com exercícios de musculação executados de forma intensa. Obviamente que o metabolismo de cada atleta é outro fator que também influencia diretamente no resultado das calorias queimadas.

Entenda como emagrecer com musculação.

Inúmeras pesquisas já comprovaram que a musculação emagrece, pois a prática regular das séries e exercícios acelera o metabolismo do indivíduo, proporcionando a queima de gordura e perda de peso.

Para um melhor entendimento da forma como a musculação emagrece é preciso analisar a queima calórica total conseguida pelo atleta e não apenas a queima calórica ocorrida durante a prática dos exercícios.

A queima calórica total é aquela que o organismo consegue gastar durante a execução da atividade física, acrescentando-se a essa soma, toda a energia que foi gasta para a recuperação do corpo após o término do treino.

Portanto, quanto maior a intensidade do exercício executado, mais necessidade o organismo terá de repor o que foi gasto, utilizando para isso mais oxigênio e energia, ajudando a queimar calorias mesmo nos períodos de descanso.

musculação emagrece mesmo jpg

Outros benefícios da musculação.

A musculação emagrece, mas os seus benefícios não param por aí. Vamos conhecer mais algumas vantagens da prática regular da atividade:

  • Tonificação dos músculos.
  • Fortalece e protege os ossos e articulações.
  • Ajuda a definir o corpo, melhorando a estética corporal.
  • Ajuda a prevenir a osteoporose.
  • Aumento significativo da força muscular.
  • Aumenta a flexibilidade.
  • Melhora a postura corporal.
  • Fortalecimento da região da coluna vertebral.
  • Auxilia na prevenção e controle da diabetes.
  • Fortalecimento do sistema imunológico.
  • Melhora o equilíbrio e coordenação motora.
  • Aumenta o bom humor e deixa a autoestima nas alturas.

Leia mais sobre musculação:

Considerações finais.

Já não temos dúvidas que a musculação emagrece. Contudo, se a pessoa pretende emagrecer, ganhar músculos, definir o corpo, melhorar a estética corporal e conseguir melhorias na saúde como um todo, o ideal mesmo é aliar a prática da musculação com atividades aeróbicas, sem deixar de se preocupar com uma alimentação balanceada, equilibrada e nutritiva.

Para isso, torna-se indispensável uma avaliação e o devido acompanhamento de especialistas como médicos, instrutores habilitados e nutricionistas.

mais dicas de saúde...