Qual a nutrição ideal pós-treino?

Nutrição ideal pós-treino.

Quem treina regularmente sabe que depois de terminar a seção de exercícios, a fome é quase que imediata. Isso acontece porque o corpo necessita de minerais, vitaminas e nutrientes para repor o que foi gasto durante a malhação. Dessa forma, o ideal é atender a vontade do organismo e se alimentar o quanto antes.

Vale lembrar que a refeição pós-treino é uma das mais importantes para os atletas, pois o organismo absorve tudo com rapidez. Assim, a recomendação é que a preferência seja pela ingestão de alimentos ricos em proteína.

A importância da nutrição pós-treino.

Tão importante quanto a alimentação antes do treino, a nutrição pós-treino também deve ser cuidadosamente observada e seguida à risca, o que trará benefícos óbvios ao corpo do atleta. A escolha dos alimentos para compor essa refeição deve recair sobre aqueles que sejam especialmente ricos em proteínas, pois estas atuam construindo os tecidos da musculatura, consequentemente, são os mais recomendados.

nutrição pós-treino

No entanto, o organismo também precisa de energia, por isso os alimentos compostos por carboidratos simples fazem um bom conjunto, pois geram a energia para que a proteína possa atuar sem sugar energia da própria musculatura.

Alimentos recomendados para a nutrição pós-treino.

Após uma série de exercícios, a refeição ideal deve conter alimentos como quinoa real, iogurte, blanquet de peru, mussarela de búfala, peixe e frango orgânico.

Outra fonte de energia é o Ômega 3, por isso consumir alimentos ricos desse ácido graxo, como gergelim preto e branco, azeite extra virgem, linhaça dourada triturada, peixes como sardinha, tilápia e salmão também são boas opções para a nutrição pós-treino.

Além de energia, o Ômega 3 também é responsável por manter uma boa fluidez do sangue, com isso a quantidade de oxigênio levada para a musculatura também aumenta e, por consequência, a força também.

Leia também:

E não é só isso: o Ômega 3 também atua reduzindo a incidência de doenças como infarto, aterosclerose e colesterol.

Outros alimentos que devem ser inseridos na nutrição pós-treino, são: o leite e seus derivados, amaranto, soja e derivados, carnes vermelhas, como patinho, baby beef, lagarto, coxão duro, coxão mole e alcatra.

Além disso, iogurte com cereal, patê de atum, peito de peru e pão com queijo também são alimentos recomendados para inclusão na nutrição pós-treino.

alimentação pós-treino

Os alimentos citados devem ser inseridos em uma dieta equilibrada e sem exageros, para que o resultado não seja o acúmulo de energia, gordura e excesso de peso.

Você pode gostar...