Sete erros comuns na academia que detonam o seu treino.

Os erros comuns na academia.

Ao fazer a matrícula na academia, é muito importante o aluno pedir e seguir as orientações de instrutor devidamente habilitado.

O professor vai indicar os exercícios que devem ser feitos, a intensidade, a quantidade e o número de repetições das séries, para evitar que as atividades sejam feitas de forma errada ou com postura inadequada.

Alguns erros são muito comuns nas academias. Não é difícil entrar em uma delas e observar alunos iniciantes com carga exagerada nos aparelhos ou fazendo repetições de séries em quantidades incompatíveis com a condição física do atleta naquele momento.

Exercitar-se dessa forma é um erro que pode causar lesões graves que seriam facilmente evitadas com a devida orientação.

Outros tipos de erros também são comuns nas academias, como os alunos não se alimentarem adequadamente antes e depois dos treinos, hidratação insuficiente e posturas erradas durante a execução dos exercícios.

Então, vamos conhecer os sete erros mais comuns nas academias que detonam o seu treino, o que vai demandar muito mais tempo para obter os bons resultados que estão sendo ansiosamente esperados:

sete erros comuns na academia que detonam o seu treino

Primeiro erro: alimentação inadequada.

Ter uma alimentação adequada é essencial para quem está na academia, pois vai ajudar na queima de calorias e levar o atleta a perder mais peso.

O erro é cometido quando o aluno quer emagrecer mais rapidamente e acaba restringindo a alimentação ou deixando de ingerir nutrientes importantes. Essa atitude vai impedir que o corpo extraia dos alimentos consumidos a energia necessária para realizar o treino completo com eficiência e, na prática, o gasto calórico será bem menor do que o pretendido.

Segundo erro: exagerar nos exercícios.

Realizar exercícios na academia até a exaustão com o intuito de conseguir acelerar ao máximo a perda de peso é um grande erro, pois a coisa não funciona dessa forma.

Os exercícios precisam ser executados com a carga, intensidade e número de repetições compatíveis com a capacidade e as limitações físicas do aluno. Dessa forma, o atleta irá gastar energia e queimar calorias não só durante a realização do exercício, mas também depois. Executando os exercícios conforme as prescrições do instrutor, a perda de peso ocorrerá de forma progressiva e será bem maior.

Terceiro erro: postura errada.

A não ser no caso do aluno rejeitar terminantemente o acompanhamento do instrutor por achar que sabe o suficiente e não precisa de ajuda, o mau posicionamento nos aparelhos é um erro que não deve ocorrer. Contudo, se ocorrer, deve ser imputado ao professor por não acompanhar de perto e notar a falha do atleta cada vez que ocorra.

A postura errada ou mau posicionamento durante a execução do exercício é um dos erros mais comuns nas academias e elimina em grande parte a eficiência da atividade, sem contar com a grande possibilidade de lesões graves nos músculos e nas articulações do ombro e joelho, por exemplo.

Ao contrário do que muitos pensam, não é o peso que irá determinar que o aluno alcance melhores resultados, mas sim, a execução correta dos exercícios com peso compatível com a capacidade física do atleta e posicionamento adequado.

Quarto erro: hidratar pouco o corpo.

A hidratação adequada auxilia no equilíbrio hídrico, promovendo a termorregulação do organismo, evitando que a temperatura do corpo aumente e cause desconfortos e sofrimentos ao atleta.

Procure beber pelo menos dois litros de água por dia e durante o treino tente consumir uma garrafinha de água (200 ml a 300 ml) a cada hora de exercício. Os benefícios do consumo de água para o organismo são inquestionáveis. E não esqueça que o melhor líquido para hidratar o corpo é a água.

Considere ler também:

Quinto erro: falta de compromisso e motivação.

Quando começa a frequentar a academia, o ideal é que o atleta esteja motivado e tenha consigo o compromisso de periodicidade para comparecer aos treinos. Quando falta esse comprometimento, a frequência começa a ficar muito alternada, fazendo com que os resultados tão ansiosamente esperados não sejam alcançados, deixando o aluno desmotivado.

Sexto erro: achar que os suplementos são a solução.

Outro erro muito comum na academia ocorre quando os atletas iniciantes acham que usando suplementos o milagre da hipertrofia vai acontecer do dia para a noite e não irão mais precisar mais treinar tanto, mas apenas se empanturrar de substâncias que ajudam a crescer os músculos.

Não funciona dessa forma. O uso de suplementos pode ser muito bom e de grande ajuda quando bem orientado, em períodos certos e em casos que o consumo seja realmente necessário.

Do contrário, os bons resultados só aparecem com o comparecimento frequente na academia, com muito esforço, treinamento e disciplina.

Sétimo erro: achar que alongamento é bobagem.

Uma das grandes causas das tensões musculares, lesões dos músculos e articulações durante a execução dos exercícios é a falta de alongamento adequado proporcionando maior flexibilidade. A falta de alongamento também pode acarretar dores e má postura no dia a dia.

Você pode gostar...