Top 7 desculpas que acabam com o seu treino.

Desculpas que acabam o treino.

Praticar exercícios físicos é uma necessidade básica para manter a saúde e não caminhar de encontro à obesidade e aos graves problemas a ela relacionados.

Mas, enquanto a pessoa não consegue incorporar atividades físicas regulares à sua rotina e tornar isso um hábito prazeroso, o risco do indivíduo desanimar, parar de vez e voltar para o sedentarismo no seu confortável sofá, comendo salgadinhos e guloseimas na frente da TV, é muito grande.

Por isso, uma das coisas mais importantes antes de decidir iniciar a prática de atividades físicas, é escolher uma modalidade de exercício ou esporte que realmente goste. Caso contrário, em pouco tempo, os sinais de desânimo começam a aparecer. E a principal forma desses sinais se manifestarem, é através de desculpas para não treinar esse ou aquele dia.

Começa assim: quando chega a hora de ir para o calçadão caminhar, correr, pedalar ou mesmo de ir para a academia malhar, bate aquela preguiça danada, que parece impossível desgrudar do sofá e até aquele programa de TV insuportável, começa a ficar interessante. Mas nós sabemos o nome disso: desculpas e mais desculpas.

Na verdade, as desculpas para acabar com o seu treino são muitas e de todos os tipos. Hoje, nesse artigo, vamos abordar as mais manjadas e que não conseguem convencer ninguém.

01. Meu dia está cheio e eu estou sem tempo.

Essa é uma das desculpas mais clássicas e manjadas que acabam com o seu treino. Obviamente que esse argumento é uma grande falácia. Todos podem dar um jeito de encaixar uma hora ou pelo menos meia hora de exercícios físicos em algum momento do dia.

O indivíduo não precisa malhar só na academia. Pode fazer isso em casa pulando corda, fazendo flexões ou levantando pesos, tudo isso, enquanto assiste um noticiário ou uma novela na TV.

Se a pessoa tiver condições de investir um pouco, pode apelar para uma bicicleta ergométrica ou até mesmo uma esteira e se exercitar um pouco também na frente da TV, sem perder nenhum programa de sua preferência.

Se não gosta de fazer atividades físicas em casa por achar que não tem espaço ou sentir dificuldade de manter a rotina e a disciplina sozinho, outra maneira de escapar da desculpa “estou sem tempo” é escolher uma academia próxima da sua residência. Dessa forma, economiza o tempo que ficaria no trânsito até chegar ao local de treinamento.

Outra dica para essa clássica desculpa do “estou sem tempo” é tratar o momento do treino como se fosse uma obrigação profissional ou de trabalho, marcando o horário do treino na agenda, com hora de início e término, organizando os demais compromissos em outros horários.

Top 7 desculpas que acabam com o seu treino 2

Desculpas que acabam o treino: estou sem tempo

02. Estou sem dinheiro.

Ninguém está sugerindo que você corte toda a diversão do mês, mas se fizer as contas direitinho, somando os quatro fins de semana, você tem um gasto de pelo menos R$500,00, se forem somadas as saídas com os amigos nas sextas-feiras e sábados, além daquela pizza deliciosa no domingo. Portanto, dizer que está sem dinheiro para a mensalidade da academia e não tem de onde tirar, não passa de uma desculpa, muito mais ligada à preguiça e à falta de disposição para encarar o treino com seriedade, do que realmente à falta de dinheiro.

Existem diversas opções gratuitas para a prática de atividades físicas, como caminhadas, corridas e pedaladas. Além disso, são esportes democráticos que podem ser feitos por qualquer pessoa em lugares públicos como parques, calçadões, ciclovias, enfim, praticamente em qualquer lugar.

Então, caros amigos sedentários, inventem outra desculpa, pois essa de que está sem dinheiro, não cola. Não passa de mais uma das desculpam que acabam com o seu treino e que todos já estão cansados de saber. Portanto, pare de se enganar.

03. Não consigo levantar cedo.

Cada pessoa tem o seu relógio biológico e algumas realmente tem dificuldades para levantar muito cedo. Se for esse o seu caso, procure encontrar um horário para fazer suas atividades físicas no período da tarde ou à noite.

Mas, se você não tem problemas para levantar cedo em outros dias, mas somente nos dias marcados para praticar atividades físicas, então, isso é preguiça mesmo.

Uma boa dica para driblar essa preguiça logo pela manhã é já deixar tudo arrumado (roupa, tênis, meia) quando for dormir no dia anterior e pular da cama na hora que o despertador tocar pela primeira vez, entrar imediatamente no banheiro e lavar o rosto. Nada de ficar adiando o despertar usando o recurso “soneca” do relógio.

O “não consigo levantar cedo” é uma das top desculpas que mais acabam com o seu treino, pois está ligada diretamente à preguiça. E a preguiça para treinar tem que ser vencida e não estimulada.

Mas, não se preocupe. À medida que o hábito de acordar cedo for incorporado à sua rotina, a preguiça vai diminuir ou mesmo sumir de vez, afinal, a prática regular de atividades físicas sempre proporciona mais disposição para o corpo.

Então, a conclusão é que se você anda com preguiça, cansado e sem disposição para levantar é exatamente porque tem faltado aos treinos e não tem se exercitado regularmente.

Top 7 desculpas que acabam com o seu treino 6

Desculpas que acabam o treino: não consigo levantar cedo.

04. Tenho vergonha, pois todo mundo fica me olhando.

Ter um pouco de vergonha, nesse caso, é uma situação muito normal, principalmente quando se trata de alguém que nunca frequentou uma academia antes. Logo de cara, a pessoa já fica achando que todo mundo do ambiente está olhando para ela.

Isso é mais normal ainda quando a pessoa está fora de forma e acima do peso, situação que geralmente deixa o indivíduo com a autoestima baixa, o que pode acentuar a sensação de vergonha, timidez ou insegurança.

Contudo, você não pode deixar isso interferir na sua vontade e necessidade de praticar atividades físicas. Uma boa maneira de contornar o problema é convidar uma pessoa amiga para fazer a matrícula e frequentar a academia junto com você, pelo menos no primeiro mês, enquanto se ambienta o suficiente para se sentir bem.

No caso das mulheres, existem academias voltadas apenas para o sexo feminino, o que pode ser uma boa opção para ficarem mais à vontade, já que não existirão os olhares masculinos “fiscalizando” suas gordurinhas localizadas porventura existentes.

Em último caso, se você realmente tiver aversão de praticar atividades físicas em público, por qualquer que seja o motivo, poderá fazer isso no conforto da sua casa, na frente da TV, bastando para tanto, comprar um dos inúmeros DVDs sobre o tema à disposição para a venda, contendo aulas e orientações de instrutores habilitados e competentes, para a execução correta dos exercícios físicos.

05. Academia não é minha praia.

Definitivamente, essa é uma das desculpas que acabam com o seu treino de forma mais frequente. A pessoa que diz “academia não é minha praia”, em outro contexto, vai usar uma justificativa diferente como “caminhada não é minha praia”, “corrida não é minha praia” ou “pedalar não é minha praia”. Tudo isso não passa de desculpas para não fazer atividades físicas e, como já falei antes, isso tem um nome bem definido: preguiça.

São inúmeras as formas de se exercitar fora de uma academia. Caminhada e corrida no calçadão, pedalar nas ciclovias, natação, patinação e danças são algumas das opções.

Para quem mora em cidades litorâneas, nas praias normalmente existem módulos da Prefeitura que costumam oferecer diversas atividades físicas (circuito, vôlei, ginástica), em vários horários (geralmente, pela manhã e à noite), com orientação e supervisão de professores de educação física capacitados. Tudo na faixa, sem qualquer custo.

Mas, se não tiver jeito mesmo e você realmente preferir ficar em casa, invista numa esteira ou bicicleta ergométrica e se exercite enquanto assiste o seu programa favorito.

Top 7 desculpas que acabam com o seu treino 3

Desculpas que acabam o treino: academia não é minha praia.

06. Eu me exercito, mas não adianta nada.

Esse é mais uma das desculpas que acabam com o seu treino e geralmente é usada pelos apressadinhos, ou seja, aquelas pessoas que mal começam a se exercitar e já querem ver resultados significativos logo na semana seguinte, seja quanto à definição do corpo ou mesmo quanto ao emagrecimento.

Apenas para ficar bem condicionado, o organismo precisa de aproximadamente três meses. Esse condicionamento físico vai melhorando dia a dia, deixando o indivíduo mais forte e com mais disposição.

Contudo, a pessoa só vai conseguir emagrecer ou ficar com o corpo malhado e bem definido com o tempo e com muito esforço e suor. Ninguém consegue definir o corpo do dia para a noite.

A pessoa também não deve entrar em um programa de exercícios pensando em emagrecer vinte quilos em três meses, por exemplo. Para isso, teria que se matar de fazer exercícios, além de passar muita, mas muita fome mesmo, ou seja, não seria um emagrecimento saudável e, com certeza, não conseguiria manter a perda de peso por muito tempo. Como consequência, voltaria a engordar, caindo no terrível e nada benéfico efeito sanfona.

Para não arriscar a cair no desânimo, o mais sensato é planejar e traçar metas possíveis, como por exemplo, fazer atividades físicas com o intuito de emagrecer três quilos em sessenta dias. Quando o objetivo for alcançado, a pessoa ficará muito mais motivada em continuar os exercícios físicos, agora visando emagrecer mais três quilos nos próximos sessenta dias.

Infelizmente, não existe milagre para emagrecer ou definir o corpo com atividades físicas em um período de tempo muito curto. É preciso muito esforço, paciência, muito suor, muita disposição, força de vontade e perseverança para conquistar as metas traçadas.

Considere ler também:

07. Eu simplesmente não gosto de treinar.

Umas das mais belas desculpas que acabam com o seu treino é falar com muita propriedade que não consegue gostar de fazer qualquer exercício e muito menos de treinar na academia.

Mas, agora eu também vou perguntar: você gosta de ser gordo? Você gosta de ser flácido? Você gosta de ser barrigudo? Você gosta da possibilidade de ter uma saúde frágil? Provavelmente, não.

Então, escolha uma coisa que você não gosta, mas que pelo menos pode lhe trazer resultados positivos e benéficos com o tempo.

Se você se esforçar para treinar ou começar a fazer exercícios físicos regularmente, mesmo não gostando, em médio e longo prazo, isso lhe trará enormes benefícios como emagrecimento, melhor definição do corpo, melhoria na estética corporal e muita saúde.

Atividades físicas proporcionam uma melhor circulação do sangue, o fortalecimento do sistema cardiorrespiratório, diminuição dos níveis de colesterol e glicemia, além de prevenir ou retardar o surgimento de doenças muito perigosas como as do coração ou diabetes, por exemplo. Ou seja, treinando você só tem a ganhar.

Se você optar pelo sedentarismo e fugir a qualquer custo dos treinos e exercícios, a tendência, em médio e longo prazo, é engordar é desenvolver diversas doenças preocupantes relacionadas à obesidade.

Agora, finalmente eu vou perguntar: e o que você vai fazer quando isso acontecer? A resposta é simples: você vai ter que fazer atividades físicas para correr atrás da saúde que deixou escapar entre os dedos, gostando ou não de praticar exercícos físicos.

Então, pare de inventar desculpas esfarrapadas, levante desse sofá e vamos treinar. É o melhor que você tem a fazer para premiar a sua vida com muita saúde.

mais dicas de saúde...